Vamos falar agora dos rituais que se fazem nas igrejas. O ritual em si mesmo não é nada, não causa nenhum efeito pratico, senão pelo o que ele representa. O batismo que se faz nas igrejas, por exemplo, não causa nenhum efeito pratico nas consciências, senão pelo o que ele representa, a saber, a morte da carne pela palavra que simboliza a água e a ressurreição do espírito também pela palavra, como meu irmão Jesus disse: Vós já estais limpos pela palavra que eu vos tenho falado. A água é a palavra verdadeira de Deus, a que lava as consciências da carne e as renova para o espírito de Deus habita-las. O espírito é uma nova vestimenta da consciência. Mas aquele banho que tomam nas igrejas não serve pra nada, a não ser sujar mais as consciências com o engano.

            Outro exemplo, é a ceia, ela é a nossa comunhão em Cristo, participantes do mesmo espírito de Deus, o mesmo pensamento, o mesmo objetivo, uma mesma esperança. Este é o nascer de novo, fazer parte do mesmo corpo, como células vivas do corpo de Deus. Cristo é a unidade de Deus em nós, o espírito que Ele nos assentou. Mas aquele pão e aquele vinho que se bebe nas igrejas são lançados fora e escusados no dia seguinte, mas o espírito de Deus permanece para sempre em nossos corações, e as consciências se fazem participantes da vida eterna. Esta é a verdadeira comunhão em Cristo, e não aquele pão e vinho fermentado que se tomam nas igrejas. Vocês estão me entendendo meus queridos?

            Isto mesmo meus queridos, outro exemplo é o lava pés, que é a pregação do evangelho de Cristo a outras consciências, o pé simboliza a base da doutrina de Cristo, e a água é a palavra. Lavar o chulé de outro na igreja não salva ninguém, e nem mostra humildade, mas Pedro disse: Não só os pés, mas todo o corpo. Mas nosso irmão Jesus respondeu: Vós já estais limpos pela palavra que eu vos tenho falado, e não há necessidade de lavar mais, senão os pés, isto é, o conselho de Deus que participamos todos os dias, como Paulo disse: Eu plantei, Apolo regou, mas quem dá o crescimento é Deus.

            Então meus queridos, como disse o profeta Isaías: As vossas solenidades e reuniões solenes aborrecem a minha alma. Quando virdes apresentar-vos a mim, quem requereu isto das vossas mãos, que viestes pisar os meus átrios? Então meus queridos, vamos deixar estes rituais que não dizem nada nas igrejas e que só aborrecem a alma de Deus, e vamos lavar as nossas almas verdadeiramente diante de Deus, entenderam meus queridos?